Blog

Gestão de acessos do usuário: como gerenciá-los com segurança

gestão de acessos do usuário

No momento atual, a gestão de acessos do usuário tornou-se uma das prioridades das empresas, especialmente com o avanço da pandemia e a necessidade de isolamento social que, por sua vez, provocou o aumento do trabalho remoto.

Para se ter uma ideia, no começo da pandemia, essa modalidade de atuação foi adotada por 46% das empresas, de acordo com dados da FIA (Fundação Instituto de Administração), e 80% dos gestores já aprovavam o home office, segundo o ISE Business School.

No entanto, o crescimento da atuação remota também provocou novas vulnerabilidades nas empresas e aumentou os ataques cibernéticos. Conforme levantamento da Marsh, 30% dos gestores relataram crescimento das tentativas de invasões como resultado da pandemia.

Outra questão que aumentou a importância de gerenciar corretamente os acessos dos usuários da empresa foi a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados).

Em vigor desde setembro de 2020, a legislação visa assegurar mais transparência na maneira como as empresas coletam, tratam e armazenam dados pessoais de colaboradores, clientes e outros parceiros.

Nesse sentido, a lei estipula diretrizes para uma governança de dados mais robusta dentro das organizações, que minimizem os riscos de perdas, invasões e roubos de informações. 

Entretanto, as empresas ainda estão pouco preparadas para atender os requisitos da legislação, visto que apenas 4% das PMEs disseram estar totalmente adequadas às normas da lei, segundo uma pesquisa da Resultados Digitais

Diante disso, para te ajudar a entender o que é a gestão de acessos, sua importância e como gerenciar os usuários corretamente, elaboramos um conteúdo completo. Continue com a sua leitura e saiba mais!

O que é a gestão de acessos do usuário?

Na prática, a gestão de acessos do usuário é uma iniciativa que visa administrar as navegações dos usuários nas aplicações da empresa, assim como os níveis de autorização de acordo com as necessidades de cada perfil.

Também conhecido como Identity and Access Management ou IAM, sigla do termo em inglês, essa iniciativa é aplicada pelo departamento de TI e tem por objetivo garantir a segurança da informação, seja relacionada aos acessos de colaboradores, clientes, fornecedores ou outros parceiros de negócios. 

Qual é a importância desse processo no ambiente corporativo?

A correta gestão de acessos do usuário promove às empresas um monitoramento holístico da operação, assim como proteção de informações sensíveis que estejam sob cuidados da corporação, facilitando a adequação à LGPD.

Além disso, um gerenciamento bem aplicado garante que todos os usuários tenham níveis corretos de acesso, ou seja, visualizem apenas as informações necessárias para o desempenho de suas atividades.

O IAM também permite uma melhor administração dos usuários e contas, simplificando e, até mesmo, automatizando processos de atualizações, exclusões ou adições de perfis, atendendo as demandas de rotatividade dentro das organizações.

Com isso, toda a operação fica muito mais dinâmica e eficiente, seja para a gestão de acesso no trabalho presencial ou home office, aumentando a escalabilidade dos negócios e promovendo uma maior governança de dados. 

Como gerenciar os usuários com segurança?

Agora que você entendeu o que é e a importância de gerenciar corretamente os usuários do seu negócio, separamos algumas dicas para fazer essa gestão com segurança. Confira a seguir: 

Faça um planejamento assertivo

O primeiro passo é o planejamento, que deve considerar todos os ativos de informação, ou seja, ferramentas físicas ou virtuais que contenham esses dados. 

Além disso, é fundamental definir algumas diretrizes para governança de dados e, caso não houver, as políticas internas de privacidade, que ditam a responsabilidade de cada usuário de acordo com seus níveis de acesso.

Mapeie os usuários e suas necessidades de acesso

Com um planejamento e políticas de privacidade mais claras, é momento de mapear a quantidade exata de usuários e suas necessidades de acesso.

Por exemplo, um gestor de Recursos Humanos, para desempenhar as suas funções, precisa de informações que um Analista de Marketing não necessita. Ou, ainda, um cliente precisa visualizar dados diferentes de um fornecedor.

Nesse sentido, analise os usuários e configure níveis de acesso que estejam aderentes às suas necessidades, evitando que informações confidenciais caiam nas mãos erradas. 

Ademais, é essencial, nessa fase, definir níveis de risco. Ou seja, quais são os níveis de acesso ou usuários que, se usarem as informações de maneira errada, podem comprometer a segurança e confiabilidade da empresa.

Com isso, é mais simples definir medidas de segurança para preservar esses dados de maneira assertiva, de modo a minimizar possíveis impactos negativos. 

Adote opções aprimoradas de autenticação

Os processos de autenticação são fundamentais na construção de uma gestão de acessos de usuário segura, por isso, adote opções mais aprimoradas para login desses perfis.

Uma opção interessante é o two factor authentication, ou autenticação em duas etapas, na tradução, consistindo em um login e senha, na primeira etapa, e preenchimento de outras informações em uma segunda fase, como dados acerca do usuário ou da empresa.

Desse modo, é possível evitar que perfis falsos ou não autorizados consigam acessar os dados da corporação, minimizando os riscos de invasões e roubos de informações. 

Conheça a solução Gestão de Identidade da Digiage!

Com o objetivo de oferecer ao seu negócio maior governança de dados e segurança da informação, a Digiage fornece a solução de Gestão de Identidade (Identity Server – SSO)

Contando com alta capacitação técnica e serviços totalmente personalizáveis ao seu negócio, a Digiage centraliza os usuários da sua empresa em uma ferramenta com autenticação única de login para acessar diversas aplicações (single sign-on).

Além disso, a Digiage oferece possibilidades aprimoradas de segurança da informação, como autenticação por dois fatores (MFA), governança e gerenciamento de identidade (IMG) e autenticação baseada em risco (RBA).

Desse modo, a Digiage garante ao seu negócio algumas vantagens, como:

  • Diminui o risco de vazamento de dados e fraudes associadas à gestão de acessos do usuário;
  • Garante maior controle, eficiência, visibilidade e segurança da informação dos usuários da empresa;
  • Fortalece a confiança dos usuários da empresa;
  • Facilita a adequação da empresa à LGPD.

Deseja saber mais? Acesse agora mesmo e entre em contato com a nossa empresa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima